Julho Amarelo é o mês de prevenção às hepatites virais – BRITAMIL – Brita, Concreto e Serviços de Engenharia Ltda.

Julho Amarelo é o mês de prevenção às hepatites virais

Pavidez Engenharia recebe Prêmio Iceberg 2021 devido às melhores práticas em Segurança do Trabalho, Saúde Ocupacional e Meio Ambiente
7 de fevereiro de 2022
Agosto Lilás – Prevenção da violência contra a mulher
1 de agosto de 2022
Show all

hand holding Yellow Ribbon on yellow background for supporting people living and illness. September Suicide prevention day, Childhood Cancer Awareness month and World cancer day concept

A campanha foi instituída em 2019, através da lei nº13.802/2019, e tem por objetivo reforçar medidas de prevenção, controle e informação sobre essas doenças. A hepatite é uma inflamação do fígado que pode ser contraída por abuso de medicamentos, álcool e outras drogas, por doenças autoimunes e metabólicas ou mesmo por contaminação viral.

A doença pode se desenvolver sem manifestar sintomas, mas entre os que se manifestam estão cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras. No caso das hepatites virais, existem diferentes vírus que podem causá-las e eles estão classificados pelas letras A, B, C, D e E:

– Hepatite A: É o tipo mais comum e está relacionada às condições de saneamento básico e de higiene. É uma infecção leve e se cura sozinha. Existe vacina.

– Hepatite B: é o segundo tipo mais frequente e atinge maior proporção de transmissão por via sexual e contato sanguíneo. A melhor forma de prevenção para a hepatite B é a vacina, associada ao uso do preservativo.

– Hepatite C: o contato com o sangue é a principal forma de transmissão. É considerada a maior epidemia da humanidade, cinco vezes superior à AIDS. A hepatite C é a principal causa de transplantes de fígado e a doença pode causar cirrose, câncer de fígado e morte. Não existe vacina.

– Hepatite D: ocorre apenas em pacientes infectados pelo vírus da hepatite B. A vacinação contra a hepatite B também protege de uma infecção com a hepatite D.

– Hepatite E: é transmitida por transmissão fecal-oral, provocando grandes epidemias. A hepatite E não se torna crônica, porém, mulheres grávidas que forem infectadas podem apresentar formas mais graves da doença.

A Pavidez está sempre buscando promover campanhas de conscientização e prevenção de diversas doenças, seguindo o calendário nacional estabelecido por leis. Seus executivos Edson Fernando Maciel Tavares e Eloizio Maciel Tavares sempre buscam medidas para trazer informação e bem-estar a todos os colaboradores. Por meio de palestras, cartazes e informativos distribuídos por seus escritórios e canteiros de obra, a empresa se faz uma voz ativa na luta contra as hepatites virais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.